INOVA BERRINI

É possível acabar com os congestionamentos?

Um grande desafio mundial é acabar com as horas intermináveis que desperdiçamos no trânsito das grandes cidades. Melhorias no transporte público, ciclovias e investimento em infra-estrutura viária são temas recorrentes quando o assunto é mobilidade urbana. Mas será que alguém já se perguntou por que os congestionamentos acontecem?

O jornalista Joseph Stromberg explica em seu artigo publicado no site Vox, o que ocorre por trás daqueles congestionamentos “fantasmas”, que acontecem sem nenhum motivo aparente tais como acidentes de trânsito ou obras na pista. Quando o veículo da frente freia reduzindo a velocidade, faz com que o de trás também freie para evitar a colisão e assim sucessivamente. Essa reação em cadeia, em uma via com muitos veículos próximos, acaba gerando uma onda de tráfego parado ou com lentidão.

Há uma solução simples: se cada motorista mantiver a mesma distância entre os carros na frente e atrás, essas pequenas flutuações serão suavizadas e engarrafamentos-fantasma serão menos propensos a ocorrer, como mostra este vídeo do canal CPG Grey.

Mas como os motoristas humanos tem um tempo de reação lento e pequena capacidade de atenção para se coordenar um com os outros com tanta precisão isto é praticamente impossível. Uma solução mais viável seria ter carros inteligentes programados para manter essa distância ideal entre outros veículos, comunicando-se entre si e eliminando até mesmo a necessidade de semáforos no futuro!

Veja também:

Tagged in

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up