INOVA BERRINI

Berrini em 2 Tempos

Segundo o dicionário, urbanização é um conjunto de técnicas e obras para que uma região urbana tenha planejamento de crescimento, organização e desenvolvimento racional conforme as necessidades de suas populações. Justa ou injusta, as mudanças na paisagem são inevitáveis.

Na selva de pedra, o Brooklin é um bairro relativamente novo. Na década de 1950 ainda era um charco ou brejo (no bairro temos a R. Brejo Alegre) com córregos de águas límpidas que desaguavam no rio Pinheiros. A Berrini, antes da incrível jornada urbanística desencadeada pelos irmãos Bratke e Francisco Collet, foi construída para cobrir o chamado “dreno do Brooklin”, iniciando-se na altura da antiga ponte do Morumbi e, pasmem, acabava sem ao menos chegar na avenida Bandeirantes!

“A Berrini era uma avenida que ligava o nada a lugar nenhum” (Carlos Bratke)

Vamos reunir nesta seção as transformações do nosso bairro, sem nos ater à preciosidade dos fatos, mas fazer um registro em fotos destas mudanças.

Construção do Monotrilho na av. jornalista Roberto Marinho em 2013
Área para construção do Conjunto Habitacional do Jardim Edith, em 2011
Jardim Edith em 2020: UBS, escola e creche
Em 2012, Praça Lions Monções, esquina das ruas Carlos Rega e Alcides Ricardini Neves
Em 2017: Carrefour Express ocupou o ponto no lugar da clínica Odontológica Alliance.
Em 2010: Berrini, altura da rua Guararapes. Futuro ponto da Starbucks
Em 2020: Starbucks inaugurou a unidade Berrini em setembro de 2012

Veja também:

Tagged in

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up